Atendimento
(51) 9815-05470

Eu não existo sem você

Ouço muito em atendimentos individuais pessoas angustiadas e sofrendo em função dos seus relacionamentos. Relacionamentos tóxicos são um vício. A pessoa cria um padrão de comportamento de vitimizar-se, culpar as pessoas ao seu redor e se alimenta desse ciclo vicioso.
Pessoas que não receberam amor na infância e que foram maltratadas pelos seus pais ou mesmo quem as criou, crescem carentes de atenção e principalmente dependentes da aprovação dos outros. Esse apoio ou crítica é fundamental para nos habilitar ou desabilitar diante da vida adulta. Isso tudo está diretamente relacionado com o que experimentaremos diante de um erro em nossa vida. Por isso, é importante incentivar nossos filhos que experimentem fazer, tomar atitudes e agir diante da vida. Mesmo que eles não tenham toda a confiança do mundo, é necessário dizer a eles que irão errar e exatamente nesse erro é que estará o aprendizado e o crescimento. Caso contrário, serão pessoas órfãs de autoestima e confiança em si mesmas.
A confiança não cai do céu e nem se constrói da noite para o dia. Forma-se ao receber palavras de incentivo, de validação e principalmente de estímulo para que desenvolvam uma percepção do que se quer.
Ao longo da minha trajetória profissional, atendo muitas pessoas que em função de co-dependência de alguém, acabam procrastinando o que querem fazer por medo da reprovação ou do julgamento. Ao invés de olharem para dentro delas mesmas, caem facilmente na armadilha de culpar o outro por não terem a coragem de agir, gerando um processo de culpa e acusação. Essas atitudes são muito mais comuns do que imaginamos, é necessário reconhecer que muitas vezes precisamos de ajuda de um mentor ou um profissional que possa mostrar um caminho diferente. Seja livre da co-dependência de alguém, assim será livre para escolher seu próprio estilo de vida, ser dono das suas emoções e ninguém irá dizer a você qual vida você deve viver.